Git --fast-version-control
Chapters ▾

Chapter 4

Git no Servidor

Neste ponto, você deve estar apto a fazer a maior parte das tarefas do dia a dia para as quais estará usando o Git. No entanto, para qualquer colaboração no Git, você precisará ter um repositório remoto do Git. Apesar de você poder tecnicamente enviar (push) e receber (pull) mudanças de repositórios de indivíduos, isto é desencorajado pois você pode facilmente confundi-los no que eles estão trabalhando se não for cuidadoso. Além disso, você quer que seus colaboradores possam acessar o repositório mesmo quando seu computador estiver offline — ter um repositório comum mais confiável é útil muitas vezes. Portanto, o método preferido para colaborar com alguém é configurar um repositório intermediário que vocês dois podem acessar, enviar para (push to) e receber de (pull from). Nós iremos nos referir a este repositório como um "Servidor Git"; mas você perceberá que geralmente é necessária uma quantidade ínfima de recursos para hospedar um repositório Git, logo, você raramente precisará de um servidor inteiro para ele.

Rodar um servidor Git é simples. Primeiro, você escolhe quais protocolos seu servidor usará para se comunicar. A primeira seção deste capítulo cobrirá os protocolos disponíveis e os prós e contras de cada um. As próximas seções explicararão algumas configurações típicas usando estes protocolos e como fazer o seu servidor rodar com eles. Por último, passaremos por algumas opções de hospedagem, se você não se importar em hospedar seu código no servidor dos outros e não quiser passar pelo incômodo de configurar e manter seu próprio servidor.

Se você não tiver interesse em rodar seu próprio servidor, você pode pular para a última seção do capítulo para ver algumas opções para configurar uma conta hospedada, e então ir para o próximo capítulo, onde discutiremos os vários altos e baixos de se trabalhar em um ambiente distribuído de controle de versão.

Um repositório remoto é geralmente um repositório vazio — um repositório Git que não tem um diretório de trabalho. Uma vez que o repositório é usado apenas como um ponto de colaboração, não há razão para ter cópias anteriores em disco; são apenas dados Git. Em termos simples, um repositório vazio é o conteúdo do diretório .git e nada mais.